O INSS e o Benefício de Auxílio-Doença

classic Clássica list Lista threaded Em Árvore
2816 mensagens Opções
123456 ... 141
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

Antonio Rogerio
Presado Consultor(a).não compareci no agendamento da perícia médica no dia 15/4/14 sendo que
fui no dia 16/4 e o perito fez um reagendamento amanhã, dia 6 de Maio às 08:40hs no INSS.
O perito me disse que meu benefício estava CESSADO a partir do dia 15/4. No entanto no dia
02 de Maio eu recebi o beneficio(embora menos valor) do INSS.Seria este benefíco algum atrasado,
ou já é o beneficio ref. ao mês de Maio, ja que desde 15/4 meu beneficio estava CESSADO!
Obrigado.
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

Consultor Online
Administrador
Antonio. Para saber o que houve terá que ir ao INSS e pedir um extrato dos pagamentos. APOSENTADORIAS
Agradeço sua Participação. Consultor Online
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

Antonio Rogerio
Em resposta à esta mensagem postada por iolanda
Presado consultor(a).Meu benefício auxílio-doença foi extendido pela perícia médica até o dia
30 de maio do corrrente ano,data que também terei alta da doença pelo INSS. No dia 15/5
ou seja, 15 dias antes do término do meu benefício,pedirei uma prorrogação da perícia
médica por não me sentir apto a voltar ao trabalho na empresa a qual estou vinculado.
Minha dúvida é: Qual é o período de prorrogação que geralmente os peritos oferecem aos
beneficiários neste caso?Nota-se que pedirei a renovação da prorrogação da perícia médica
15(quinze) dias antes do término do meu benefício(30/5/2014) que é um direito assegurado
ao beneficiário do auxílio-doença.Meu benefício foi concedido até o dia 30/5/14.Obrigado.

Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

Consultor Online
Administrador
Só a perícia do INSS poderá lhe responder, pois depende do estado de saúde que tiver no dia que a perícia for feita.
Agradeço sua Participação. Consultor Online
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

PauloRicardo
Em resposta à esta mensagem postada por iolanda
Dr. Catarino, boa tarde.
 
- Tenho depressão;
- Tive a primeira perícia negada pelo INSS;
- No Pedido de Reconsideração foram dados 120 dias (espécie 91);
- Solicitei a prorrogação e está foi "deferida" até a data da perícia (4 dias ao invés de novos 120 solicitados pelo psiquiatra;
- Teoricamente teria que ter voltado a trabalhar no dia 22 de fevereiro.
- O atestado apresentado na perícia de prorrogação tem a data de 18 de fevereiro solicitando mais 120 dias de afastamento;
- Entrei com um recurso na junta;
- Pelas suas respostas sei que meu contrato de trabalho está suspenso;
- Agora a pergunta:
- Passados os 120 dias sem resposta do recurso junto ao INSS meu contrato permanece suspenso? E se demorar 1 ano?
Posso aguardar a decisão do INSS, mesmo que demore mais do que os 120 dias e meu contrato permanece suspenso ou passados os 120 dias devo apresentar novo atestado médico?
 
Desde já muito obrigado.
 
Paulo Veiga
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

Consultor Online
Administrador
Paulo. O tempo do atestado não importa, o que importa é que está aguardando o resultado do recurso, por isso permanece em licença.
Agradeço sua Participação. Consultor Online
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

Sérgio R Neves
Uma mãe que tinha um benefício do INSS durante 20 (vinte) anos por cuidar de uma filha deficiente/incapaz. Essa filha veio a falecer e o INSS suspendeu o benefício. Existe algum direito adquirido, pois dedicou sua vida a filha e agora já com uma certa idade esse benefício iria ajudá-la em sua subsistência.
Aguardo sua resposta.
Obrigado.
 

Em Segunda-feira, 12 de Maio de 2014 17:48, Consultor em Previdência [via Fórum do Consultor] <[hidden email]> escreveu:
Paulo. O tempo do atestado não importa, o que importa é que está aguardando o resultado do recurso, por isso permanece em licença.
Consultor em Previdência



Se você responder a este email, a sua mensagem será adicionada à discussão abaixo:
http://forum-do-consultor.30120.x6.nabble.com/O-INSS-e-o-beneficio-de-auxilio-doenca-tp5512p5948.html
Para criar um novo tópico em Fórum do Consultor, mande um email para [hidden email]
Para remover sua inscrição de Fórum do Consultor, clique aqui.
NAML


Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

Consultor Online
Administrador
Sergio. Não há como ficar com um benefício de pessoa falecida pelo motivo de ter cuidado. O único benefício que pode ser requerido por dependentes é a pensão por morte.
Agradeço sua Participação. Consultor Online
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

carlos
Em resposta à esta mensagem postada por Consultor Online
Estou desempregado e recebendo o seguro desemprego,porém fiquei doente eu posso pedir o auxilio doença?Tem algum prazo??
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

Consultor Online
Administrador
Carlos. Sim, pode pedir, mas a partir do dia que ligar para o fone 135 e ter agendado o atendimento não pode mais receber nenhum valor do seguro desemprego, senão terá o pedido no INSS negado ou terá que devolver algum valor que tenha recebido. APOSENTADORIAS
Agradeço sua Participação. Consultor Online
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

Beatriz
Em resposta à esta mensagem postada por Antonio Rogerio
Bom dia,entrei com um processo contra o inss para me aposentar por invalidez devido a uma cirurgia grave de coluna,porém não estou no auxilio doença e  estou desempregado a menos de um ano,se eu pedir o auxilio doença pois estou com problema novamente na coluna,os peritos tem essa informação sobre o processo??E esse processo pode de alguma forma interferir na decisão dos peritos??Obrigado.
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

Consultor Online
Administrador
Beatriz. Pode pedir normalmente o benefício, a concessão vai depender da perícia, mas não tem nenhuma influência o processo judicial.
APOSENTADORIAS 
Agradeço sua Participação. Consultor Online
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

delcore
Em resposta à esta mensagem postada por Consultor Online
realizei uma pericia medica do inss apos 1 an0 e meio afastado pelo o auxilio doença pois sou portador de esquezofrenia com o cid 20.0 na ultima pericia dia 09/05/2014 o perito deferiu meu pedido de prorrogaçao baseado nos art  43,71e78 do decreto 3048 e informou que o limite seria informado atraves de novo comunicado. ai liguei no  135 da previdencia social e me informaram que o termino do meu auxilio foi prorrogado em 08/05/2016 e que o perito sugeriu a minha aposentadoria por invalidez gostaria de saber se essa informaçao procede se  o  tramite da aposentadoria por invalidez e esse mesmo e qual sera o proximo procedimento desde ja agradeço doutor.
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

delcore
Em resposta à esta mensagem postada por Consultor Online
ola fiz a pericia do inss no dia 09 de maio de 2014  porque estou no auxilio doença a exatamente 1 ano e meio por  esquezofrenia F20.0. o perito deferiu o pedido de prorrogaçao e fundamentou no art 43,71e78 do decreto 3048 peguei o comunicado de deferimento que foi constatada a incapacidade para o trabalho.chegando em casa liguei para 135 e informaram que meu beneficio foi prorrogado ate 08/05/2016 e que foi sugerida a  aposentadoria  por invalidez gostaria de saber se essas informaçoes ou seja se esses procedimentos estao corretos e se realmente o perito solicitou minha  aposentadoria e qual sera o procedimento . desde  ja agradeço
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

Consultor Online
Administrador
Eu não tenho acesso a nenhuma informação de segurados do INSS, sua dúvida só poderá ser sanada indo ao INSS e pedindo que lhe digam o que ocorreu com seu processo.
Agradeço sua Participação. Consultor Online
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

João Carlos
Em resposta à esta mensagem postada por Antonio Rogerio
Boa tarde,meu pedido de prorrogação do auxilio doença foi indeferido,se eu pedir a reconsideração do beneficio e a nova perícia for marcada após o dia que terei que voltar a trabalhar eu receberei os dias até o nova perícia mesmo que for indeferido de novo???OU terei que voltar a trabalhar quando cessar o benificio mesmo com o pedido de reconsideração em andamento???Obrigado.
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

Consultor Online
Administrador
João. No caso de reconsideração é pago até o dia previsto para a cessação, após esse dia só pagarão se for aceita a reconsideração, mas se você se julga incapacitado não tem como voltar ao trabalho.
APOSENTADORIAS 
Agradeço sua Participação. Consultor Online
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

Ronaldo Rodrigues da Silva
Fiz perícia há uma semana, e o deferimento foi concedido pelo médico como auxílio-doença acidentário(B91). Quando consulto a situação, até 21/05/14 aparecia: Benefício concedido. Hoje já aparece: Cessado.

Perdí meu benefício? Fiquei 50 dias "parado" em razão de uma entorse grave de tornozelo.

Gostaria de um parecer
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

Re: O INSS e o benefício de auxílio-doença

Consultor Online
Administrador
Ronaldo. É provável que o benefício tenha sido concedido até a data da perícia, caso o perito tenha considerado que estava curado na data em que fez a perícia, para ter  certeza terá que ir ao INSS e verificar.
Aposentadorias 
Agradeço sua Participação. Consultor Online
Responder | Em Árvore
Abra essa mensagem na visão em árvore
|

(no subject)

Sérgio R Neves
Em resposta à esta mensagem postada por Consultor Online
Senhor Consultor,
Uma mãe que tinha um benefício do INSS durante 20 (vinte) anos por cuidar de uma filha deficiente/incapaz. Essa filha veio a falecer e o INSS suspendeu o benefício. Existe algum direito adquirido, pois dedicou sua vida a filha e agora já com uma certa idade esse benefício iria ajudá-la em sua subsistência.
Aguardo sua resposta.
Obrigado.
123456 ... 141